A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

História para dormir: aprenda a criar uma para seus filhos

Baby and Me BM
qui, 20/05/2021 - 14:37
A mãe sorri com o filho bebê no colo enquanto conta uma história para dormir em um livro para ele.

Era uma vez uma criança muito esperta que só dormia após ler uma história de dormir com a mamãe ou o papai. Conhece alguém que é assim?

A hora de dormir é um momento muito importante para toda a família, Algumas crianças são mais tranquilas e conseguem pegar no sono mais rápido, enquanto outras só descansam após ouvir uma historinha para dormir.

Essa é uma grande oportunidade para reforçar os laços entre pais e filhos, que se conectam através da história e do momento de cuidado. Cultivar o hábito da leitura desde a infância só faz bem, e incentiva a criança a explorar novos mundos através dos livros.

E as vantagens não param por aí! Para os adultos, essa pode ser uma ótima oportunidade para estimular a mente e crescer junto com as crianças, testando novas maneiras de criar e ativar a imaginação.

Além dos clássicos, que tal aprender a criar uma história de dormir exclusiva de vocês? Em três passos simples, você instiga a criatividade das crianças e desenvolve uma conexão única.

Passo 1: O enredo da história de dormir

O tema da história é o ponto de partida da criação. Sobre o que vocês querem falar hoje? Existe alguma situação do dia a dia da criança que deva ser explorada com uma linguagem mais lúdica e que termine com uma lição importante para a criança?

Por exemplo: se o seu filho sofre algum tipo de bullying na escola, mas evita falar sobre isso porque sente vergonha. Experimente transformar isso em uma parte importante do enredo, utilizando as “fraquezas” como grandes forças do personagem principal.

Se você tem uma menina em casa e quer ensinar pontos importantes do feminismo e da luta por igualdade, a personagem principal será uma heroína, que se veste com roupas coloridas e troca a cor do cabelo de acordo com as estações do ano.

Brincando, você cria uma história que vai impactar no desenvolvimento do intelecto e ter influência até mesmo no futuro do seu filho.

Passo 2: As características dos personagens

Depois de criar o enredo e pensar no tema principal, mas antes de desenvolver as características de cada personagem, é necessário pensar em quantos personagens estarão nessa história.

Será uma heroína sozinha em busca de respostas no topo de uma montanha? Quem ela encontrará no caminho: um pássaro falante e um amigo urso? Perfeito, temos três personagens. Já podemos ir longe com essas informações.

Além disso, quanto mais personagens forem incluídos na história, mais a atenção da criança pode ficar dispersa com o passar do tempo, fazendo com que ela perca o interesse logo. Por isso, vamos focar nesses três aqui na nossa construção.

Agora, vamos para as características de cada um desses personagens.

Nossa pequena heroína, ou herói, terá características parecidas com a sua criança. Olhos, cor do cabelo, detalhes da pele.

O pequeno pássaro falante tem a mesma cor dos olhos do irmão ou irmãzinha pequena, fala com uma voz doce e suave e está sempre perto do personagem principal, sendo um fiel companheiro durante a jornada.

O urso pode ter os mesmos olhos e cabelos do papai, e falar como ele. É quem fornece os melhores conselhos e está sempre pronto para ajudar quando o personagem principal precisa.

Esses detalhes fazem com que a criança crie uma identificação com a história e queira participar, prestando atenção aos detalhes e criando mais junto com você.

O ponto da identificação é muito importante para crianças que possuem algum tipo de deficiência. A representatividade na vida dela é muito importante para o desenvolvimento da autoestima.

Passo 3: A duração da história de dormir

O terceiro passo para criar a história de dormir perfeita entre pais e filhos é entender alguns pontos importantes, como linguagem facilitada e tempo de duração da história por dia.

O contexto da história não pode demorar muito para chegar aonde deseja chegar, a ponto de que a criança nem lembre mais o que ouviu no início da história de dormir e esquecer detalhes importantes do enredo.

Outro ponto de cuidado é a linguagem utilizada. Nada de palavras difíceis para os adultos! O foco deve ser no que já faz parte do cotidiano da criança, na fala com os pais e no que está sendo aprendido na escola.

Com esses novos aprendizados, fica fácil inovar!

Tags deste conteúdo