A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

Festa de aniversário em casa: dicas de diversão sem perrengue

Ninhos do Brasil NB
seg, 13/06/2022 - 10:00
Menino deitado em um sofá com as penas para o alto brincando com bexigas coloridas. A foto faz alusão ao tema de festa de aniversário em casa.

É hora! É hora! É hora! A festa de aniversário em casa está voltando! Depois de dois anos de comemorações improvisadas em meio ao isolamento de e parabéns fora de ritmo por videochamadas, as festinhas infantis começam a ser retomadas. 

Aos poucos, a lista de convidados aumenta. Mais abraços, mais brincadeiras, mais alegria. 🥳🎉 E, sejamos sinceros, mais trabalho (e gastos!) nos preparativos também 😬

Mas calma! Não vamos desanimar. Este texto é um convite para lembrar um pouco do que aprendemos nas celebrações dos dois últimos anos e pensar na próxima festinha com mais otimismo e segurança, dentro do orçamento. Vem com a gente!

Festa de aniversário em casa: aprendizados e histórias da quarentena

No início de abril de 2020, estava tudo preparado para o aniversário de 3 anos da Margot. Pela primeira vez, a festa seria em Cuiabá, Mato Grosso, onde mora a família materna. Passagens compradas, salão e decoração reservados, comida encomendada, priminhos ansiosos…um investimento alto para a família que mora em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. 

Mas aí veio a pandemia. (Quem não tem uma história com essa frase no meio?)

Festa adiada, depois cancelada mesmo. Por fim, os 3 anos da Gogô foram festejados com um bolinho em casa, ao lado dos pais em frente ao computador, onde o rosto de alguns familiares apareciam e desapareciam de quadradinhos. 

Um ano depois, ainda pandemia. Um piquenique no parque foi a solução encontrada para festejar o quarto aniversário da Margot. Máscaras e álcool em gel marcaram a decoração. Toalhas e cestinhas individuais com distanciamento garantiram a segurança das comidinhas. O gramado e as bexigas fizeram a diversão das três crianças convidadas.

Assim como a família da Margot, que sempre amou uma festa de aniversário, outras tantas mundo afora tiveram que reinventar suas formas de celebrar. Teve família que festejou com passeio especial, outras com bolinho em casa… teve até “drive thru”! 

O menino Leandro, apaixonado por carros, comemorou seus 5 anos na frente da casa com os pais e a irmã, numa rua calma de São Paulo. Enquanto isso, os amiguinhos passavam de carro com a família, deixavam um presentinho e levavam uma marmitinha de doces e lembrancinhas. Os abraços foram substituídos por acenos e dancinhas à distância. E ele ficou feliz.

Cada um do seu jeito, e dentro das suas possibilidades, vivemos dois anos de aniversários atípicos, mas que marcaram época. Afinal, celebrar a vida, mesmo em tempos difíceis, é necessário.

Já dá pra fazer festa de aniversário de novo? Pre-pa-ra! 

Muitas pessoas estão ansiosas para fazer festa de aniversário em casa como antes da pandemia de covid-19: crianças correndo, comidinhas à vontade e brincadeiras. Com o avanço da vacinação, tudo isso está voltando aos poucos. 

Mas, como a pandemia ainda não acabou totalmente e a crise financeira afetou muitas famílias, algumas adaptações podem ser necessárias.

Gogô, por exemplo, conseguiu festejar seus 5 anos com mais amiguinhos da escola. "Eu e a mãe de um coleguinha que faz aniversário na mesma época dividimos o aluguel do salão de festas e fizemos a festa conjunta. Foi uma experiência muito legal ver ela curtindo sua primeira grande festa, e dividir foi uma forma de economizar”, conta a mãe, Teresa Marques.

6 dicas para fazer a festa de aniversário em casa (e não surtar!)

Se alugar um salão de festas não é uma possibilidade para você, não há motivo para tristeza! Pelo contrário: a produção de preparativos da festa de aniversário em casa pode fazer com que a emoção e o envolvimento da criança dure muito mais tempo. E vai ser tudo do jeitinho de vocês 💛.

Mais que uma forma de economizar, o “faça-você-mesmo” ainda ajuda a na conexão entre a família toda! Preste atenção a estas dicas de festa em casa, e boa diversão!

  1. Entender o espaço que poderá ser ocupado pela festa
    Tem área externa para as crianças brincarem? É possível reduzir o número de móveis na sala e no quarto da criança para abrir mais espaço? Vale fazer uma nova decoração no dia da festa. Substituir quadros e enfeites por imagens do personagem preferido, colar bandeirolas e bexigas já criam um novo ambiente!
  2. Definir convidados
    Se a casa não tiver quintal ou o prédio não tiver salão de festas, é bom conversar com a criança para convidar um número de pessoas que a casa comporte. Ah, é bom deixar claro se o convite é só para a criança ou se inclui os pais.

    No caso de só as crianças serem convidadas, é importante combinar com os pais o horário de deixar e buscar, bem como ter um número de telefone para (bate na madeira!) qualquer emergência.
  3. Lembrar de aprendizados da pandemia
    Avise no convite sobre o uso de máscaras, e tenha um lugar para guardá-las. Busque estabelecer uma distância segura para a hora de comer, tenha sabonete líquido na pia do banheiro para higiene das mãos e identifique copos com o nome das crianças ou adesivos para que não compartilhem utensílios.
  4. Estabelecer o horário de início e fim
    A gente sabe que festa boa é difícil de terminar, mas prever um horário ajuda a definir o cardápio e a necessidade de reposição dos comes e bebes.
  5. Pedir para convidados confirmarem presença
    Peça por uma confirmação até uma semana antes para providenciar as comidinhas e os assentos. Siga a leitura para entender as quantidades :)
  6. Criar uma escala de recreação
    Uma escala de recreação entre os adultos da família para alternar quem vai ficar responsável pelas brincadeiras e cuidados da turma ajuda a não sobrecarregar ninguém. No fim do texto tem ideias de brincadeiras para inspirar o recreacionista que habita em você!

Como calcular as comidinhas na festa de aniversário em casa?

Você viu nas dicas ali em cima: o cálculo de comes e bebes vai depender do número de adultos e crianças, mas também do tempo de duração da festa.

Para uma festa de 4 horas, calcule por pessoa: 120 gramas de bolo, 6 docinhos, 8 salgadinhos, 300 ml de suco, 500 ml de água por pessoa. Vale também disponibilizar frutas fáceis de comer como uvas, banana e maçã, cerca de 100 gramas por pessoa.

Festa de aniversário em casa: 7 brincadeiras para animar as crianças

A depender da idade e com grupos menores, é possível que as crianças já consigam decidir suas brincadeiras sozinhas. Mas é sempre bom ter ideias na manga para não deixar a festa “flopar” ou ficar desanimada.

Na falta de recreacionistas profissionais, monte a escala com os adultos da família para liderar a brincadeira. 

  1. Siga o mestre: libere a pista de dança, depois do mestre (adulto), cada criança é chamada à frente ou para o meio da roda para indicar o passo de dança que todos devem seguir.
  2. Caça ao tesouro: esconda presentinhos ou docinhos junto com pistas dos próximos esconderijos.
  3. Corrida de bexigas: faz um barulhão, mas é divertido. Correr e estourar a bexiga num abraço com a dupla. A dupla que estourar mais rápido é a vencedora.
  4. Pinhata: você pode comprar de artesãos ou fazer em casa, recheando com brinquedinhos, bilhetes e docinhos variados. Organize a fila para que todos possam bater duas vezes com um bastão até a pinhata romper. Dicas: ajude a manter as crianças numa distância segura e tenha docinhos reserva para uma segunda rodada se a turma for grande ou com idades muito diferentes. Assim, evita a frustração de quem não conseguir pegar na primeira rodada. 
  5. Pintura ou desenho: convide as crianças a desenharem algo ou escreverem seus recadinhos em um cartaz ou papel craft. Depois disso, sua criança terá uma bela recordação para decorar o quarto!
  6. Dança das cadeiras: no centro da sala, coloque uma cadeira a menos que o número de crianças. Quando a música parar, todas devem tentar sentar. quem não sentar, fica fora da brincadeira e pode ir para a torcida!
  7. Batatinha frita, 1, 2, 3: essa voltou à moda e é sucesso entre as crianças. Virado de costas, o líder diz “Batatinha frita, 1, 2, 3”. Enquanto ele está falando, os participantes precisam correr em direção ao líder. Quando o líder se vira, todos precisam virar estátua. Quem se mexer, volta para o começo. Quem chegar primeiro na linha do líder vence.

Bolha de sabão, amarelinha, pega-pega e outras brincadeiras de rua também podem garantir a diversão. Solte a criatividade e divirta-se lembrando dos bons tempos de infância!

A festa de aniversário em casa pode até dar mais trabalho, mas planejar, decorar e até cozinhar com a criança gera uma memória para sempre! Celebre!

Se a casa for pequena, vale considerar fazer a festa num parquinho próximo de você.