A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

Veja como encantar as crianças com poema infantil

Ninhos do Brasil NB
qui, 11/01/2024 - 11:00
""

Os poemas infantis são como melodias silenciosas, em que a música é criada pela nossa imaginação e pelo ritmo das palavras enquanto lemos.

Um encontro de palavras que encanta, uma viagem para diferentes universos e infinitas aventuras. ✈️

Além de serem textos gostosos de se ler, eles proporcionam momentos de reflexão em família, com os amigos, na escola, onde estiver! 📕

Nesta matéria você vai entender os benefícios dos poemas infantis e dicas incríveis de obras que seu filho vai amar. 

Vem ver!

O que é poema?

O poema é um estilo textual que se destaca pela sua composição em versos, organizados em estrofes.

Seu toque especial está nas rimas, repetições e no ritmo, que não pode faltar. 

A palavra "poema" tem origem no verbo grego "poein", que carrega o significado de "criar, compor, construir".

Pensando nessa linha, o poema não foca só no significado, e sim na construção das palavras e no som que elas formam. São textos ricos em metáforas e enfatizam a musicalidade.

Para embarcar conosco nessa viagem pelo mundo dos poemas, Geruza Zelnys, poeta, pesquisadora e professora nos explica:

O diferencial do poema está na analogia, na aproximação com as sensações e a sonoridade, que nos dá um significado que vai muito além do que está escrito no papel.” 

Entenda as diferenças entre poema e poesia

No dia a dia, é comum as pessoas usarem poema e poesia como sinônimos, e tá tudo bem! Mas existe, sim, uma diferença entre os dois termos.

Enquanto o poema é como se organizam as palavras, rimas e ritmos, a poesia é o resultado artístico. Nesse sentido, a poesia (que vem de poiesis) pode acontecer em outras artes, como em pinturas, no teatro e em filmes. 

A poesia é o efeito do poema em nós. O poema é a casa, a estrutura. Já o sorriso, suspiros, são os efeitos da poesia em nós.” – diz Geruza.

Resumindo, o poema é a estética e a emoção expressas através das palavras, podendo se revelar em versos ou prosa. 😉

Objetivo de trabalhar poema na educação infantil 

Apresentar poemas na educação infantil faz com que as crianças trabalhem a oralidade e entendam os diversos aspectos que a linguagem pode ter.

E o melhor de tudo: os poemas são uma maneira de aprender sobre palavras e emoções. 

A leitura pode trazer benefícios para o desenvolvimento cognitivo, estimular a escrita e melhorar as habilidades de comunicação da criança.

Isso nós já sabemos!

O diferencial do poema vai muito além do aprendizado da língua portuguesa e da gramática.

Quais são os benefícios do poema infantil para as crianças? 

O poema infantil (como os poemas em geral) trabalha os sentidos – tanto significado das palavras, quanto as sensações que elas podem provocar. 

É como sentir alegria só de ler a palavra bolo, ou arrepiar-se com medo diante da palavra lobo. 

Aliás, essa é uma brincadeira poética que o escritor Chico Buarque fez no seu livro infantil “Chapeuzinho Amarelo”. De tanto repetir a palavra “lobolobolobolobolobo”, 25 mil vezes, ele transformou o vilão da história numa sobremesa! 🐺🎂

O poema é um espaço de distração, no melhor sentido da palavra. Uma forma de distrair-se de um caminho reto. É um caminho com atalhos, desvios, derivas.” – ressalta a poeta Geruza.

Tudo isso pode ajudar a estimular a criatividade e como as crianças veem o mundo. 🌍

Além disso, quando a criança lê um poema legal, pode querer mostrar para as pessoas ao redor e conversar sobre ele. Assim, ela aprende a elaborar ideias em conjunto.

Como apresentar poemas para crianças?

A melhor maneira de apresentar os poemas é explorar a essência deles: a brincadeira! 🤸

Os poemas são como jogos com palavras, sons e emoções. 

Ao introduzir os poemas com exercícios lúdicos e interativos, essa experiência se torna ainda mais agradável. 

Combinar a leitura dos poemas com movimentos do corpo é uma atividade eficaz, como sugere Geruza.

O poema é uma coreografia. É próprio do poema o estímulo ao corpo: acompanhar o ritmo, como bater palmas, caminhar, fazer movimentos com as mãos. Ler como quem dança.” 

O trabalho dos poemas em grupo, tanto na sala de aula quanto com a família, também pode ser uma boa ideia.

Enquanto um grupo lê um verso, outro grupo lê outro. Decorar poemas é uma dica para crianças que ainda não sabem ler.” 

Confira exemplos de poemas infantis

Quando você começa a ler um poema, não quer parar! 😍

Dos curtinhos aos mais longos, eles são leituras cativantes, capazes de despertar diversas emoções no leitor.

Pensando nisso, escolhemos, junto à Geruza Zelnys, uma seleção de poemas para apresentar a seus filhos.

Confira! 

Isto ou aquilo - Cecília Meireles

O poema "Isto ou Aquilo" faz uma brincadeira com a indecisão típica das crianças.


Ou se tem chuva e não se tem sol,
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo nos dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo…
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranquilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

 

 

Exercícios de Ser Criança - Manoel de Barros 

 

O autor explora a conversa entre uma criança curiosa e sua mãe, que vê a beleza e a poesia por trás dessa curiosidade.
 


No aeroporto o menino perguntou:
– E se o avião tropicar num passarinho?
O pai ficou torto e não respondeu.
O menino perguntou de novo:
– E se o avião tropicar num passarinho triste?
A mãe teve ternuras e pensou:
Será que os absurdos não são as maiores virtudes da poesia?
Será que os despropósitos não são mais carregados de poesia do que o bom senso?
Ao sair do sufoco o pai refletiu:
Com certeza, a liberdade e a poesia a gente aprende com as crianças.
E ficou sendo.

 

A Onda - Manuel Bandeira 

Neste poema no formato de trava-língua, o autor transmite por meio dos sons das palavras a sensação de "vai e vem" das ondas. Perceba:


A onda anda
aonde anda
a onda?
a onda ainda
ainda onda
ainda anda
aonde?
aonde?
a onda a onda.

 

A Casa - Vinícius de Morais

Momento curiosidade!

O famoso poema, que também é canção, teve sua inspiração em uma casinha localizada em Punta Ballena, Uruguai, conhecida como Casapueblo, do artista Carlos Vilaró.

Era uma casa
Muito engraçada

Não tinha teto
Não tinha nada 

Ninguém podia
Entrar nela não
Porque na casa
Não tinha chão 

Ninguém podia
Dormir na rede
Porque na casa
Não tinha parede 

Ninguém podia
Fazer pipi
Porque penico
Não tinha ali

Mas era feita
Com muito esmero

Na Rua dos Bobos
Número Zero

Dicas de livros de poema infantil para ler com seus filhos

Um poema é bom, mas um livro recheado deles é melhor ainda!

Oferecer opções de livros para crianças é um estímulo para que elas continuem praticando a leitura e explorem ainda mais o incrível universo dos poemas.

Anote as dicas:

O Livro do Ouvido - Marcelo Montenegro

Nessa leitura superlegal, o autor cria versos que descrevem diferentes sons de objetos, ações e barulhos do cotidiano. Esse detalhe é feito com tanta riqueza que você sente que pode ouvir, daí o nome, "O Livro do Ouvido".

Ninguém sabe o que é um poema - Ricardo Azevedo

O escritor promove uma verdadeira brincadeira com as palavras, explorando seus significados, sons, pesos e ritmos.

Em 38 poemas, Ricardo disserta sobre assuntos variados, inclusive sobre a própria poesia. 

111 poemas para crianças - Sérgio Capparelli

Esse livro traz uma coleção escolhida pelo autor de poemas de obras antigas e até alguns inéditos. Os desenhos e a forma dos poemas vão te encantar!

Poemas para ler com palmas - Edimilson de Almeida Pereira

Com belíssimas ilustrações feitas por Maurício Negro, o livro apresenta textos descritos como mitopoéticos, que exploram religiões e tradições de matriz africana.

Uma obra repleta de detalhes e poemas com um ritmo dançante, que instiga a ler, bater palmas e dançar, fazendo jus ao título do livro.

O pássaro azul, de Geruza Zelnys

Inspirada no poema "Bluebird", de Charles Bukowski, a autora conta, com sua delicada prosa poética, uma história que faz alusão à liberdade, ao amor e ao dinheiro. Uma narrativa tocante que certamente vale a pena ser lida.


Isso é o poema: um conjunto de sentimentos, emoções e perspectivas expressos por meio de palavras.

Estimular a leitura desde a infância ajuda a tornar a visão da criança sobre o mundo ainda mais colorida. 🌈

Tags deste conteúdo