A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

O que é a psicopedagogia e como ela pode auxiliar as crianças

Monique Gonçalves MG
ter, 15/06/2021 - 16:38
Auxílio da psicopedagogia ao desenvolvimento: as mãos de uma criança escrevendo alguns nomes, a lápis, em uma folha branca com linhas

É muito comum as pessoas confundirem a psicopedagogia com a psicologia. As duas começam com “psico”, então deveriam estar no mesmo barco, não? Apesar de começarem com as mesmas sílabas e de trabalharem com o desenvolvimento humano, existem diferenças no caminho de cada uma. Vamos falar sobre a psicopedagogia, então?

A psicopedagogia estuda o desenvolvimento do ser humano e, especificamente, a sua relação com a aprendizagem. Isso faz com que muitas pessoas confundam com o reforço escolar, que é outro tipo de trabalho. Mas, enquanto o reforço escolar revê o que já foi aprendido e auxilia nas dificuldades de ordem escolar, a psicopedagogia trabalha para que a criança consiga assimilar e desenvolver habilidades essenciais para o processo de aprendizagem.

Com certeza, você já ouviu alguém dizer algo assim: “Ah! Ele(a) não quer fazer a lição porque está com preguiça”, “Quando está na escola, ele(a) vive no mundo da lua”. Nesses casos é que a psicopedagogia entra em ação, pontuando algumas observações, como, por exemplo: 

  • Qual será a dificuldade dessa criança, para não conseguir finalizar as suas tarefas na escola? 
  • Por que está sempre distraída? 

O profissional psicopedagogo pode identificar quais são as razões, intervindo e sugerindo caminhos de forma mais assertiva para a criança.

E como especificamente um psicopedagogo pode auxiliar seu(sua) filho(a)?

Ele pode auxiliar não só quando ele apresenta dificuldades na aprendizagem, mas também quando precisa de intervenção antes de apresentar alguma dificuldade, o que chamamos de intervenção precoce. Na intervenção precoce trabalhamos com a prevenção, pois algumas crianças já apresentam alguns riscos de atraso no desenvolvimento.

Estes são alguns fatores demonstrados pelas crianças que devemos prestar mais atenção, pois podem estar relacionados a diversas questões e quanto antes procurar pela avaliação de um psicopedagogo, melhor será o processo interventivo:

  • dificuldade para manter a atenção e foco nas atividades escolares, na leitura e na escrita e nos problemas de lógica matemática
  • baixo desempenho escolar
  • falta de interesse nos estudos
  • dificuldade de relacionamento com os colegas ou com o professor
  • comportamento muito agitado 

Além desses fatores, qualquer outra questão observada pelos pais e/ou cuidador podem indicar a necessidade de procurar um psicopedagogo. O profissional pode orientar da melhor forma possível, pois ele estuda todas as fases do desenvolvimento da criança e pode ajudar seu(sua) filho(a). É sempre importante lembrar que a família não está sozinha nessa caminhada!

A criança precisa ser avaliada pelo psicopedagogo porque, por meio dessa avaliação, dá para saber quais as habilidades da criança podem ser estimuladas e trabalhadas. Isso vai fazer toda a diferença no desenvolvimento do seu(sua) filho(a)!

Nós, psicopedagogos, não focamos apenas nas dificuldades da criança, mas em suas habilidades também.

Focar na habilidade da criança faz com ela se sinta mais segura, e nosso maior objetivo é exatamente esse: mostrar que toda criança é capaz de aprender!

Tags deste conteúdo