A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

Coordenação motora grossa: atividades para fazer com as crianças

Ninhos do Brasil NB
ter, 28/12/2021 - 10:30
Pai e filhos pequenos brincam desenvolvendo a coordenação motora grossa dentro de casa.

Você sabe a diferença entre coordenação motora grossa e fina? Coordenação motora é como chamamos a habilidade de realizar movimentos controlados e organizados.

Quando as crianças aprendem a pegar objetos sem derrubá-los ou levar comida até a boca, por exemplo, estão usando a coordenação motora.

Mas ela se divide entre geral e específica: grossa e fina. Aqui, vamos detalhar a coordenação motora grossa e o que pode ser feito para desenvolvê-la na infância. Vem com a gente!

  • O que é coordenação motora grossa?
  • O que a coordenação motora grossa desenvolve?
  • 8 atividades de coordenação motora grossa para crianças de várias idades

Leia sobre outras coordenações motoras em:

O que é coordenação motora grossa?

É aquela que envolve grandes músculos, como braços, pernas e pescoço.

É importante desenvolver a coordenação motora grossa desde a primeira infância, e isso é feito pelo fortalecimento desses músculos e pela habilidade em coordená-los. 

E muito se engana quem pensa que fortalecer músculos é coisa de adulto na musculação, viu?! Desde que nascem, os bebês deixam os músculos mais fortes ao aprender coisas novas, em cada atividade!

O que a coordenação motora grossa desenvolve?

Em conjunto com outras habilidades, a coordenação motora grossa possibilita as habilidades de sustentar a cabeça, engatinhar, andar, pular, subir escada, chutar bola, entre outras.

Essa capacidade está diretamente relacionada a atividades que possibilitam uma crescente autonomia dos jovens exploradores. Ou seja, são essenciais para o crescimento das crianças.

Aprenda sobre a relação entre a coordenação motora e o brincar em:

Quais são as fases da coordenação motora grossa?

Cada idade tem seus próprios aprendizados e avanços na coordenação motora. 
São exemplos de cada fase: 

  • 2/3 meses: virar a cabeça de acordo com os sons
  • 4/5 meses: rolar sozinha
  • 6 a 8 meses: levantar os braços pedindo colo
  • 9 a 11 meses: sentar sem apoio e engatinhar
  • 1-2 anos: andar
  • 3-4 anos: pular
  • 5-6 anos: jogar bola e até andar de bicicleta 

Claro, esses são só exemplos! Existem vários outros aprendizados que não citamos aqui.

8 atividades de coordenação motora grossa para crianças de várias idades 

Como grande parte dos aprendizados infantis, a coordenação motora grossa também precisa de estímulo! 

Aqui estão algumas atividades para fazer em casa com seu filho em várias fases:

Coordenação motora grossa para os bebês até 1 ano

Esses são os primeiros estímulos dos pequenos aventureiros!

De barriguinha para baixo! 

Essa posição é ótima para estimular os bebês na sustentação da cabeça e fortalecimento das costas.

Por isso, coloque o bebê de barriga para baixo na cama ou em um tapete de brincar. Em seguida, cante para ele ou use um brinquedo com som para estimulá-lo a buscar o estímulo sonoro com a cabeça 

Rolando sem parar 

O desafio é simples: deitar no tapete de brincar ou na grama, esticar braços e pernas e chegar até o outro ponto rolando o corpo. Haja força na barriguinha e controle dos movimentos, hein?! 

Engatinhar com obstáculos 

A criança cresceu um pouco e está engatinhando? A dica é incentivá-la a evoluir. Sente na frente dela e a chame para vir até você; ou deixe um brinquedo que ela gosta a uma distância curta, para que ela busque; vale até colocar uma almofada no caminho para que ela escale e ultrapasse! 

Coordenação motora grossa para bebês de 1 a 2 anos:

Agora a criança já avançou alguns passos (literalmente), então os estímulos devem acompanhar essa evolução!

Todo mundo ama dançar! 

Próxima fase: a criança anda e é hora de ir além. Coloque uma música e dance com ela. Faça movimentos mais “difíceis” (como levantar uma perna só, levantar os dois braços etc.) para incentivá-la a imitar você.

Jogar bola!

Tudo bem que a criança ainda não está pronta para esportes como futebol ou basquete, mas a bola é uma ótima parceira para estimular a coordenação motora. Brinque de jogar um para o outro, e tente jogá-la a certa distância da criança para que ela precise se locomover para alcançá-la!

Coordenação motora grossa a partir dos 3 anos

Às vezes, a evolução da criança parece ser rápida como um pulo, não é? Nessa fase, eles já podem fazer atividades com um pouco mais de complexidade.

Coletando brinquedos 

Monte um minicircuito com fita no chão e deixe brinquedos diferentes espalhados ao longo do caminho. A criança deve fazer o caminho se abaixando, pegando o brinquedo, e o levando até um recipiente da sua escolha. Só vale pegar um por vez, para treinar os movimentos! 

Quer dificultar um pouco mais? Treine também a concentração, dando desafios diferentes. Por exemplo: quem sabe pegar só os objetos azuis no caminho? Ou só os redondos?

Coordenação motora grossa a partir dos 4 anos: 

Lembre-se: é sempre importante criar desafios que correspondam ao nível de desenvolvimento da criança. Atividades simples demais podem ser entediantes, enquanto as complexas demais podem ser frustrantes.

Teia de aranha

Com duas cadeiras ou mesas dispostas em lados opostos, use um barbante para montar uma teia. Enrole o fio em uma cadeira, esticando e prendendo na outra. Lembre de deixá-los na diagonal, para que a criança tenha que desviar deles.

Com a teia pronta, a brincadeira é encontrar a melhor forma de transpor e chegar ao outro lado.

Corrida de saco

Aprender se divertindo deixa tudo ainda melhor. Em casa ou em um parque, use fronhas de travesseiros ou sacos grandes para colocar as duas pernas dentro. O desafio é chegar de um ponto a outro pulando o mais rápido que conseguir.

Coordenação motora grossa a partir dos 5 anos

A partir dos 5 anos, a criança já pode fazer atividades como praticar esportes e andar de bicicleta. O desafio é sempre um ótimo estímulo para ela superar seus limites. Mas é sempre importante que eles sejam apropriados para seu desenvolvimento motor e corporal!

Pé de lata

Você só vai precisar de um barbante e duas latas – as de Ninho são uma boa! Com um prego, você faz um pequeno furo no fundo de cada lata. Em seguida, passa o barbante no furo, amarrando as pontas de modo que uma lata fique conectada à outra.

A criança coloca um pé em cima de cada lata e segura o barbante com as duas mãos para caminhar por aí. Equilíbrio e coordenação de movimentos para chegar onde quiser!

Veja como transformar latas de ninho em brinquedos aqui!

Saiba mais: qual é a diferença entre coordenação motora grossa e fina? 

Você já viu que a coordenação motora grossa é a que envolve grandes músculos e movimentos. Mas qual é a coordenação motora fina? 

Ela é a responsável por atividades mais delicadas, especialmente as que envolvem a musculatura das mãos. Alguns exemplos são: desenhar, pintar, segurar objetos pequenos, recortar papel, passar uma linha em uma agulha.

Bem perceptível a diferença entre elas, não é? 

Agora que aprendeu sobre coordenação motora, entenda a importância de uma grande aliada do desenvolvimento: