Tamanho da fonte: a a a
Ir para o conteúdo
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Autonomia infantil: o que as crianças podem fazer sozinhas?

Ninhos do Brasil NB
ter, 16/11/2021 - 10:30
Um menino toma banho sozinho, exercitando sua autonomia infantil, com a ajuda de uma ducha móvel.

Seja por superproteção, seja por pressa, mesmo, às vezes dá vontade de fazer e até decidir tudo pelas nossas crianças, não é? Mas, se for sempre dessa maneira, nossos exploradores podem ter dificuldades para aprender atividades básicas e desenvolver essa habilidade essencial.

E põe essencial nisso, já que a autonomia infantil traz benefícios para as crianças que as influenciarão até a vida adulta! 

Então, vamos juntos ver como estimulá-las a criar asas e ser mais autônomas no dia a dia? 

Mas, afinal, o que é autonomia infantil? 

Sabe quando você decidiu o que comer no café da manhã hoje? Ou quando escolheu a roupa que está usando agora? Essas pequenas atitudes demonstram que você tem autonomia! E, bem, a autonomia infantil funciona basicamente da mesma forma. 

Ela é a capacidade das crianças de tomar decisões por conta própria e realizar tarefas sozinhas. Por exemplo: escolher a merenda que vão levar para a escola ou arrumar a própria cama.

E quais são os benefícios da autonomia infantil?

A autonomia, quando desenvolvida na infância, traz benefícios para a vida toda! Crianças autônomas se tornam adultos mais estáveis porque aprendem desde cedo a lidar com as consequências de suas decisões e com possíveis frustrações.

E tem também os benefícios imediatos para elas, como o aumento da habilidade comunicativa, da criatividade e da capacidade de resolver problemas. 

Sem contar que crianças com autonomia tendem a ser mais corajosas, persistentes e autoconfiantes. E todo o processo de se tornar mais independente também auxilia no desenvolvimento de outra capacidade essencial, a inteligência emocional.

Quando começar a incentivar a autonomia infantil nas crianças?

Um passo de cada vez: a autonomia infantil deve ser estimulada aos poucos, de acordo com a faixa etária e as características de cada criança. Afinal, essa habilidade está ligada com o desenvolvimento motor e cognitivo, que é diferente para cada idade.

Ainda sim, é importante ver o que as crianças já podem fazer sozinhas em cada período:

Estímulo de autonomia infantil até 3 anos

  • Comer sozinha, com a supervisão dos cuidadores
  • Guardar os brinquedos depois de brincar
  • Escolher e vestir a própria roupa 

Estímulo de autonomia infantil até 5 anos

  • Ir ao banheiro sozinha 
  • Tomar banho
  • Escovar os dentes
  • Fazer atividades menos complexas em casa
  • Arrumar a mochila da escola

Estímulo de autonomia infantil a partir dos 5 anos

  • Fazer os deveres de casa sozinha
  • Arrumar a própria cama
  • Ajudar na cozinha
  • Ajudar a lavar louça

Veja bem, a criança está aprendendo a realizar essas tarefas, então o acompanhamento de um adulto (e aquela revisão final) ainda é necessário, combinado?

5 Atitudes para estimular a autonomia infantil 

Incentivar a autonomia infantil, como vimos, traz diversos benefícios para as crianças. Mas como fazer isso? 

Separamos algumas atitudes que você pode adotar no seu dia a dia e que vão ser suas aliadas para desenvolver a autonomia das crianças: 

1 - Envolva a criança em pequenas decisões do dia a dia

Durante a rotina corrida, nem sempre dá tempo de consultar a opinião das crianças, é verdade! Mas essa é uma atitude superimportante para desenvolver a autonomia infantil, então vale planejar um tempinho para isso.

Que tal perguntar começar com perguntas simples, como o que gostariam de comer no almoço de domingo?

Deixe-as decidir qual filme gostariam de assistir no final de semana ou qual é a roupa que gostariam de usar para ir à escola em uma segunda-feira.  

Dessa forma, seus filhos aprendem a importância das decisões e as consequências delas. E esse aprendizado é para a vida toda.

2 - Peça ajuda em algumas tarefas

Deixar as crianças fazerem algumas tarefas nem sempre é possível, já que isso depende do tipo de rotina de cada família, nós sabemos. 

Contudo, separar pequenas obrigações para que elas façam sozinhas ou com um pouco de auxílio é um ótimo ponto de partida para o desenvolvimento da autonomia infantil!

Busque reservar pequenas tarefas da casa para as crianças, como arrumar a cama ou separar o lixo. Lembrando-se sempre dos limites de cada faixa etária e sem cobrar a perfeição, claro.

3 - Converse com as crianças e ouça suas opiniões

Perguntar o que as crianças estão sentindo, o que gostariam de mudar na rotina, ouvir suas opiniões sobre o mundo… 

Todas essas atitudes ajudam as crianças a expressar seus sentimentos e formar opiniões próprias, o que auxilia o desenvolvimento da autonomia infantil. 

Aqui, vale relembrar à criança as consequências de cada decisão. Assim, ela vai criar uma responsabilidade maior sobre as próprias escolhas e sempre considerar o bônus e o ônus de cada uma.

4 - Permita erros e troque sua ajuda por palavras de incentivo

A persistência é uma das virtudes essenciais para o desenvolvimento da autonomia infantil. E, para ajudar a desenvolvê-la, é importante que você permita que as crianças errem. 

Por exemplo, se seu filho(a) está tentando vestir a camiseta, mas se atrapalha no processo, não tem problema dar aquela ajudinha se ele(a) pedir. Mas, se o auxílio não for solicitado, dê tempo a ele para seguir tentando

Ou, se seu filho quer colocar e amarrar o tênis sozinho, mas a língua ficou para dentro. Para ajudar, você pode narrar o que seria o certo, como “Filho, sabe essa parte maior que fica no meio? Ela precisa ficar esticada. Tenta puxar sozinho, você consegue!”.

Essas dicas também valem para quando as crianças estão brincando e não conseguem achar uma solução para o jogo, como não saber onde encaixar cada peça de um quebra-cabeça!

5 - Dê tempo para as crianças 

Sempre que possível na rotina da família, permita que a criança experimente fazer as coisas por conta própria. Vão sair de casa? Que tal convidar a criança para começar a se arrumar uns 40 minutos antes do usual? 

Assim , ela tem tempo para colocar a roupa, ver qual é o lado certo das meias, dod sapatos. etc. Com a prática, logo ela será capaz de fazer isso num tempo menor. 

Sempre que ela demonstrar interesse, deixe que ela tente escovar os dentes. Você pode guiar de forma lúdica: “escove os dentes com movimentos de bolinha e depois imitar o movimento do trem", para incentivar a limpeza correta de forma que ela entenda. 

É claro que talvez você precise reforçar a higiene, com o fio dental ou mesmo na hora da escovação. Mas tomar as rédeas do momento já é uma conquista importante para os pequenos.

Leia mais sobre os hábitos de higiene!

Atitudes que atrapalham o desenvolvimento da autonomia infantil

Às vezes temos vontade de guardar as crianças em potinhos, para proteger do mundo, não é? Mas, nada disso! A superproteção pode atrapalhar o desenvolvimento da autonomia infantil.

Assim como não deixá-las expressar suas opiniões e querer resolver todos os problemas para elas também pode atrasar o processo. 

Por mais que seja difícil, nossos pequenos aventureiros precisam aprender com os próprios erros!

Ah, dar bronca nas crianças quando elas fazem alguma coisa sozinhas (desde que não ofereça perigo) também não é legal, viu? Elas podem se sentir inseguras e desistir de seguir tentando.

3 brincadeiras para estimular a autonomia infantil

Sabia que até as brincadeiras fazem parte do desenvolvimento da autonomia infantil? Confira algumas atividades para fazer em casa!

1 - Montar quebra-cabeças

Dos mais simples até os complexos: os quebra-cabeças realmente fazem jus ao nome e nos fazem pensar bastante. Por isso, é uma brincadeira ótima para as crianças exercitarem a persistência e a capacidade de resolução de problemas, que estão diretamente ligadas à autonomia infantil.

2 - O que vai acontecer na história?

Lembra que falamos da importância de aprender as consequências das escolhas para o desenvolvimento da autonomia infantil? Uma ótima forma de ensinar isso é contando histórias interativas! 

Ou seja, aquelas em que as crianças escolhem o que personagens vão falar e como vão agir, e em que cada decisão é importante para o rumo final da história.

3 - Desenhar

Expressar o que está sentindo é uma habilidade que tem tudo a ver com autonomia infantil. E uma ótima forma de estimular as crianças a se expressar são os desenhos!

Além disso, desenhar incentiva outras duas aliadas da autonomia infantil: a imaginação e a criatividade!

O papel da escola no estímulo da autonomia infantil

A autonomia infantil pode ser desenvolvida em casa! Mas a escola também é superimportante nesse processo. Afinal, é o espaço de aprendizagem das crianças.

Assim, fique de olho se a escola está cumprindo esse papel. Como? Pergunte para as crianças se elas se sentem livres no espaço escolar para falar o que estão sentindo, se expressar e desenvolver suas ideias!

Quando você piscar, seus filhos estarão escolhendo a própria roupa, se arrumando sozinhos e até mesmo organizando a bagunça que fizeram, sem você pedir. O coração vai se encher de orgulho 💛 

A autonomia infantil faz com que a criança acolha e entenda as próprias emoções, pensamentos, atitudes, enfim, se sinta dona de si e de tudo o que sente. 

Aproveite e confira seis livros infantis que nos ensinam sobre sentimentos.

Tags deste conteúdo
Mostre para mais alguém: