A+
A-
Para mães e pais 
em fase de crescimento.

Novidades:

Ninhos do Brasil + Carochinha Editora: Ninhos do Brasil se uniu à Carochinha Editora, selecionando histórias que auxiliam nas questões enfrentadas em diferentes fases. Confira!

Mãe e filhos: ideias de fotos para eternizar essa relação

Ninhos do Brasil NB
qua, 06/04/2022 - 10:30
Uma mãe está junto de suas duas crianças ao ar livre. Uma está abraçada ao seu pescoço e a outra recebendo um beijo na testa

A relação entre mãe e filhos é eterna, a gente sabe e não precisa provar. Mas tem olhares, frases e conversas que dão vontade de guardar pra sempre num potinho. Ou num álbum 📸. 

Fotografias são ótimas aliadas para criar memórias de infância e um excelente recurso para revisitar momentos da maternidade, até os mais banais.

Apareça nas fotos, mãe!
Experimente olhar a galeria de fotos do celular de uma mãe (com autorização dela, é claro). Aposto uma lata de Ninho que vai estar cheia de fotos da criança fazendo as mais variadas poses ou brincando sem perceber o clique. 

Mas a mãe aparece pouco. “Olha a minha barriga, olha o meu cabelo…apaga essa foto”, dizem. Nossa proposta neste texto é chamar até as mães tímidas para fazerem parte das memórias mais divertidas! Bora lá? Diga xiiiis 😁

Fotos espontâneas de mãe e filhos: todo dia é dia!

A gente adora sair bem nas fotos! Então, vale muito aproveitar a produção de uma festa e fazer uns cliques. Nada mais justo!

Mas não deixe de registrar momentos cotidianos seus também, junto à criança. Cozinhando, dando banho, amamentando, estendendo roupa, ajudando a escovar os dentes, brincando. Maternidade real que chama, né?

Cada registro tem uma história, e quando a gente revê fotografias de momentos corriqueiros, lembramos do dia a dia, das expressões que cada um fazia em determinada atividade… Acredite: a beleza não está só nos dias de cabeleireiro. 

Sabe aqueles momentos que despertam na gente um suspiro sorridente? 🤩É isso! Claro que não precisa ser o tempo inteiro – equilíbrio é bom pra tudo!

Então que tal combinar com a família: viu uma cena que representa bem a relação de mãe e filho? Faz tempo que está sem registro? Clique! A dica é válida para a mãe também, quando presenciar um momento que ilustra o vínculo da criança com o pai ou outro familiar. 

Mesmo que na hora a foto pareça ruim, olhar pra ela alguns anos depois desperta uma sensação de aconchego. E o bom é que os aplicativos de celular e redes sociais adoram nos lembrar disso! 

Ah, mas pode fazer pose de mãe e filhos? Claro que pode!

E garantimos que vai ser uma brincadeira superdivertida! Na sequência, você verá algumas ideias de pose para despertar os modelos que habitam em você e no seu filhote.

Ensaio fotográfico profissional de mãe e filhos

Dedicar um dia e uma verba para registrar essa relação pode ser delicioso! Escolher a roupa, fazer uma maquiagem, contar com o olhar de um fotógrafo que valoriza o melhor ângulo… tudo isso certamente rende registros incríveis.

Se isso cabe no seu orçamento, aproveite! Dica: é bom conferir no portfólio do fotógrafo antes (ou espiar o Instagram) para ver se o estilo dele combina com o da sua família. Outra opção é mostrar referências do que você imagina e perguntar sobre a viabilidade.

Alguns profissionais trabalham em estúdios próprios, com controle de iluminação, outros são especialistas em fotos externas. E tem também fotógrafos que atendem na casa do cliente, fazendo registros profissionais do dia a dia, com um pouco de produção.

Duas mulheres estão em frente a uma casa. Uma delas segura uma criança no colo. Em frente a elas está um homem com um equipamento de filmagem.

Mãe e filhos em retratos caseiros

Nem todo mundo tem dinheiro para bancar um ensaio profissional. Mas isso não significa ficar sem registros!

Reunimos algumas dicas para fazer um ensaio fotográfico caseiro de mães e filhos – e pais, irmãos, tias, avós também. Tá todo mundo convidado para a festa. Ops, para a foto. 🤳

Retrato de família clássico

Esse é clássico e existe desde antes da fotografia, quando os ricos contratavam pintores renomados para fazerem um retrato oficial da família.

Foto 1: sentados próximos, no sofá ou num banco, alinhem a postura da mãe, do filho, do pai e de todo mundo que for aparecer. Famílias acima de quatro pessoas podem se organizar para ficarem alguns sentados e outros em pé, atrás aproximando o rosto. Olhem todos para a lente da câmera, vale dar uma inclinadinha no rosto e, então, sorrir. 

Foto 2: que tal desconstruir a pose da foto anterior? Vale fazer careta ou reproduzir uma cena real, como vocês sentados assistindo a um filme juntos, por exemplo.

Um pai está sentado em um sofá com o filho sobre seus ombros. Atrás deles, em pé, a mãe abraça o menino.

Foto “tal mãe, tal filho”

Que tal vestir a mesma roupa da criança, imitando a pose dela? Ou então mexer no baú de fotos da infância da mãe ou do pai e tentar reproduzir a cena com os filhos?

Mãe e filhos: fotos de momentos afetivos

Foto de um colinho, fazendo aviãozinho, lendo historinha. Olhar esse tipo de fotos dá um quentinho no coração que parece o próprio abraço!

Dica para quem estiver registrando: tente enquadrar os modelos do ombro pra cima, pegando as expressões faciais, ou aquele detalhe da mão fazendo um cafuné durante um abraço.

Mãe e filha abraçadas e sentadas no chão, sobre um tapete, em frente a um sofá.
Foto de mãe e filhos em ambientes externos

Atente-se a detalhes da brincadeira, como as mãos construindo o castelo de areia ou o olhar passando confiança no escorregador.

Mãe e filho na praia, brincam com pazinha e balde de areia.

Não se preocupe em registrar o corpo todo, experimente ângulos diferentes: de cima para baixo, de baixo para cima. E aproveite as cores dos brinquedos para compor um quadro interessante.

Foto de mãe e filhos “antes e depois”

Essa sequência pode começar desde a gestação. Ou agora mesmo! Depois de começar, é só repetir periodicamente, de preferência no mesmo local. 

Mulher marca a altura de uma criança apoiada contra a parede onde está uma régua.

Esse estilo é muito legal para acompanhar o crescimento das crianças e ver nossa própria mudança!

Dicas de fotos caseiras com mãe e filhos

A primeira regra da fotografia de mães e filhos é: divertir-se fazendo! Existem alguns truques para quem quiser dar um ar um pouco mais próximo do profissional da foto. Mas já adiantamos: tudo depende do objetivo da fotografia. 

As dicas que você vai ver a seguir são apenas sugestões. 

  1. Para congelar um pulo, uma corrida ou uma dança e evitar borrões de movimento na foto, procure no seu celular a função “esporte” ou “foto em movimento”. 
  2. Luz: se tirar a fotografia contra a luz, a foto pode ficar “estourada”, ou seja com um clarão ao fundo e apenas a silhueta dos fotografados. Se esse não é o efeito que você deseja, prefira fotografar sempre a favor da luz, com a luz atrás da lente da câmera, não de frente para ela.
  3. A luz natural produz um efeito fantástico. Fotos tiradas perto da hora do nascer do sol ou no entardecer ficam com uma cor dourada incrível. Não é à toa que aquela horinha antes do pôr do sol é chamada de hora dourada da fotografia.
  4. Faça testes com a lanterna iluminando vocês e veja os diferentes desenhos que a luz faz no rosto. Se a luz estiver de baixo pra cima, pode criar um clima de filme de terror, ótimo para o Halloween!
  5. Cuidado com a sombra do fotógrafo! Se posicione de forma a não deixar que ela apareça. A menos que o objetivo seja esse, claro! Afinal, fotos de sombras também podem ser divertidas :)
  6. Cenário e enquadramento: veja o que mais vai aparecer na foto. Um copo sujo esquecido no braço do sofá ou pessoas desconhecidas ao fundo podem comprometer o clima que você esperava registrar.
  7. Muitos celulares têm o “modo retrato”, que desfoca o fundo e destaca o que estiver na frente. Esse pode ser um bom recurso para reduzir o impacto do cenário na sua foto.
  8. Ainda sobre enquadramento: ele não precisa ser totalmente centralizado! Pode ser alinhado mais à esquerda, ou à direita. Mas é interessante evitar que a foto tenha muito teto ou muito chão. Este fotógrafo dá dicas de composição que podem ajudar a direcionar seu olhar.
  9. Tire muitas fotos! Até os profissionais fazem isso! Mas deixe para selecioná-las em outro momento. Ficar conferindo o tempo inteiro pode entediar as crianças. Além disso, podem surgir sequências divertidas.

Por fim, lembre-se: ter fotos no celular é muito bom, mas a memória tem limites! Então não deixe de criar um álbum no computador, na nuvem, ou mesmo numa rede social (você pode manter o álbum privado, se preferir). 

E você pode imprimi-las também! Que tal aproveitar um fim de semana para selecionar as melhores fotos e enviar para um serviço especializado de impressão? Dá para montar um álbum bem bonito! 

Uma ideia para complementar esse registro é anotar as frases que a criança fala quando vê as fotos, fazer desenhos tentando reproduzir a fotografia, ou então escrever a história dos bastidores daquele dia e daquela cena. 

Solte a criatividade! Leia também: 

Tags deste conteúdo